Dó...Ré...Minha vida...

[ Sábado, Março 08, 2008 ]

 
Ser Mulher




Ser mulher é assim, pura emoção. Sempre com os sentimentos a flor da pele, expostos para que todos vejam. Sem armas contra ninguém, mas sempre a favor. Armas só para demonstrar nossa paixão pela vida.

Mulher é assim mesmo...Um sorriso pra tudo. Um sorriso preguiçoso para o sol que nasce lindo e colorido, outro meio misterioso para o ser que desperta paixão. Um sorriso de confiança para os filhos que esperam apoio e compreensão e outro gostoso pra demonstrar que a vida é pra ser vivida.

Tropeços acontecem, ainda mais quando se anda de salto alto e se rebola para todas as tarefas da vida. Levar no jeitinho é tudo que se quer!

Por nossos filhos somos capazes de tudo. Até de deixarmos que eles nos deixem, desde que sejam felizes. Haja amor para deixá-los. Às vezes penso que seria preciso outro pedaço de mim para caber tanto amor assim.

Sabedoria é essencial na mulher. Nós sabemos contar, cantar, falar e sussurrar com charme e candura, mas sempre na hora certa. Administramos nossa casa, nossa prole, nosso homem, nossa batalha, nossas falhas, nossa fome, nossos desejos e nossa saudade com maestria. Sabemos mostrar o que temos de melhor, seja ela nossa barriga malhada, nosso sorriso simpático, nossa cintura fofinha, nosso cabelo curtinho, nosso jeito alegre, nosso braço forte, nossa coragem, nossa idade! Estamos mais conscientes da beleza da maturidade, da beleza interior, da beleza que não põe mesa! Não deixamos de apreciar a juventude, esteja ela em nós ou nos que vieram depois, pois a mulher sabe ser bela em qualquer idade.

Administramos nosso coração com perfeição, mesmo que escondidinho deixemos os olhos molhados nos mostrar que não somos capazes de tudo na vida.
O coração é o que mais nos prega peças, mas ensaiamos demais nos palcos da vida para perder a fala nessas horas. Somos ótimas no improviso.

Ser mulher dói... Porque andar com o coração na frente nos fragiliza. Mas sinceramente, os homens não têm idéia do que é sentir a vida tão de perto e tão intensamente. Que venham os choros, as loucuras, os surtos, a saudade que arde, o peito que queima... Tudo isso tem seu valor. Um valor inestimável para nós que nascemos com a voz fina, a pele lisa e os olhos quentes. Ser mulher é simplesmente maravilhoso e mesmo que estejamos no lado frágil da vida nós temos a certeza de que o mundo não seria tão justo e forte se não fosse pela mulher.

Existe um texto que diz assim:

“Ser mulher é ser princesa aos 20, rainha aos 30, imperatriz aos 40 e especial a vida toda.
Ser mulher é saber ser super-homem quando o sol nasce e virar cinderela quando a noite chega.
Ser mulher é acima de tudo um estado de espírito, é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo.”

É preciso dizer mais?

FELIZ DIA DA MULHER!


POSTED BY LILI [8:47 PM]

Deixe seu comentário:

[ Quinta-feira, Novembro 08, 2007 ]

 
E se passaram dois anos ou mais...




Nem saberia dizer como tudo aconteceu, mas aconteceu nesse mesmo dia em que postei meu último depoimento. No mesmo dia reencontrei um amor antigo ,mas que apesar de adormecido ainda batia forte, escondido em algum lugar no cantinho do meu coração.Apareceu no dia do meu aniversário...como o mais belo presente que pudesse receber.
Desde então tudo mudou...
Eu mudei...meu cabelo mudou...minha vida inteira mudou. Pra melhor.
Quem sabe volto a postar algum dia.
Só queria dar a notícia a todos que talvez nem venham mais aqui...
Estou feliz...completamente feliz...e de bem com a vida.

Felicidades a todos.


POSTED BY LILI [3:33 PM]

Deixe seu comentário:

[ Quinta-feira, Julho 21, 2005 ]

 
Rosa



Até que ponto as cores realmente tem alguma influência em nossas vidas? Ou será que nossas vidas tem alguma influência nas cores que escolhemos?

Dizem que o preto é sinal de tristeza, seriedade, ausência ( de todas as cores e de tudo? ) , mas eu gosto de preto. Acho imponente, chique e sexy. Acho que fotografias com fundo preto são mais bonitas e um preto profundo destaca qualquer outra cor de uma maneira clássica.
Aliás...eu adoro todas as cores. Meu quarto é azul, sempre. Minha sala já foi verde, salmão e agora está num tom de vermelho terra. Adoro cores em tudo.
Adoro laranja, amarelo, verde, branco, cinza, marrom...todas!

E o Rosa? Ando na fase rosa. Tudo que me chama atenção hoje em dia é rosa. Quando entro num lugar aonde predomina essa cor me sinto tão...Eu. Há um tempo atrás fui numa loja de coisas assim...essências, velas, cores e o dono da loja me deu de presente uma pulseira, com pedras. Tinha todo tipo de pedras e cores...Ele me deu o Rosa. Disse que era a pedra do amor.

Hoje abro meu armário e o que mais vejo é rosa e hoje pensando nisso pude perceber que o meu caderno da faculdade é rosa também!!! Nossa!

Vou passar um aniversário Rosa...Hoje é meu aniversário! Sempre fico muito feliz nesse dia, pois é o dia em que meus amigos me ligam! Todos de uma só vez, num só dia! Mato a saudade, choro! Me emociono em dobro no meu aniversário...Seja com uma mensagem de carinho , seja com alguma lembrançinha. Todos são de igual importância nesse coração pequeno que bate aqui dentro, mas que ama com uma grandiosidade inacreditável.

Eu sou muito feliz...As vezes recebo mensagenzinhas tao lindas, tão lindas! Eu quero um dia copiar todas, com data e guardar todas num só lugar para que eu possa me lembrar e me emocionar de novo daqui a alguns anos. Aniversário é dia de abraços e beijos! Ah se eu pudesse fazer aniversário pelo menos duas vezes por ano, claro, sem que isso contribuísse para que mais rugas aparecessem no meu rosto, seria o paraíso!

Tem um texto lindo que fala sobre fazer aniversário. Diz assim:

"Não importa quantos anos você completa em seu aniversário.
Você sempre será jovem enquanto o amor florir em sua vida,
Enquanto irradiar paz, esperança, otimismo a todos os que vivem ao seu redor.
A continuidade da vida nunca se rompe:
O rio corre e avança sempre até perder-se de nossa vista;
Mas, lá bem longe ele leva consigo as mesmas águas que recolheu em outras terras.
São estas mesmas águas, o dia-a-dia que vivemos,
As que dão testemunho ao céu, aos vales e as montanhas a Deus, aos homens deste mundo, que o rio correu muito, mas não envelheceu!
Não importa, portanto, quantos anos você viveu até agora...
O importante é saber se ainda existe flor em sua vida:
Fé, Esperança, Amor, Alegria, Otimismo...
O importante é saber se você está contribuindo para tornar o mundo mais feliz ao seu redor.
Prossiga sempre sorrindo, como estas águas marulhantes.
O rio nunca pára, nem olha para trás e, sobretudo, nunca se esqueça:
Um rio nunca envelhece."

Obrigada mesmo, a todos vocês, pelas águas que carrego comigo...Eu tenho muito orgulho por ser merecedora de amizades tão lindas.
Acho que rosa deve ser a cor da felicidade...porque ultimamente, é o sentimento que mais tem dividido os dias comigo.


POSTED BY LILI [1:27 AM]

Deixe seu comentário:

[ Quarta-feira, Julho 13, 2005 ]

 
Insônia ou saudade?



Hoje não teve jeito. Perdi o sono. Talvez devido a essa dor de cabeça que insiste em me lembrar que o relógio também faz tic-tac. Nessas horas em que a cabeça, além de doer, não para de pensar é hora de levantar da cama, tomar um remédio qualquer e fazer outras coisas além de ficar olhando para o teto estrelado do meu quarto, escutando Debussy. Será que perdi o sono porque fui analisar a perfeição das músicas?...É como se tudo flutuasse. Quando tudo flutua assim, o tempo se perde, e a saudade toma seu lugar...

Saudade é um sentimento tão gostoso, porém tão dolorido. A gente sente saudade de tanta coisa na vida:

Quem não sente saudade do tempo de criança, quando a gente brincava sem hora para acabar, ou se acabava, era porque o corpo não aguentava mais. Patins, bola, boneca, video-game. Sinto saudade do tempo em que eu jogava video-game por horas e horas sem parar...Comia, jogava e dormia sem sair de cima da cama. Saudade do tempo em que a escola era um mistério, cheio de desafios intransponíveis, colegas que fundavam associações "secretas" só com o objetivo de juntar o pessoal para...para nada mesmo.
Saudade dos lugares que passei, esses lugares que você nem lembra, mas quando passa de novo por eles, vem uma sensação gostosa e diferente...Saudade dos beijos, na escada, no meio do show, no meio da chuva, no meio do nada...Saudade da saudade gostosa do amor sonhado e inocente.Saudade daquela pessoa que apareceu e foi embora sem deixar o mapa. Saudade dos amigos, desses que você encontra e se pergunta porque não ligou mais vezes...Dos amigos que você nem lembrava mais, aqueles das fotos, que se perderam no tempo. Saudade do cachorrinho que se foi. Saudade do primeiro namoro, das cartas que recebeu , das declarações de amor que cairam do céu para você em algum momento da vida...Dos presentes inesperados e esperados, das festas de aniversário...

Quem não tem saudade? Saudade é uma constante na vida de todo mundo. São memórias rápidas que vem e vão numa velocidade incrível, como um livro que acaba perdendo a página certa por causa do vento...

Saudade é sentir prazer em lembrar das coisas que não voltarão nunca mais, pelo simples fato de que o tempo só anda em uma direção. Numa direção nem sempre compreendida e muitas vezes limitadora e impiedosa. Impiedoso como esse frio que também insiste em me dizer que levantar da cama, mesmo que seja para não olhar as estrelas do teto e pensar na vida, talvez não tenha sido a melhor das idéias. Afinal de contas, existe coisa melhor do que ter na cabeça, além da dor de já está passando, lembranças lindas para sentir saudade?

Existe um texto que coloquei no meu blog já faz algum tempo, mas acho tão lindo que resolvi citar novamente:

"Sinto saudade dos amigos que nunca mais vi, das pessoas com quem não
mais falei ou cruzei...

Sinto saudade do presente, que não aproveitei de todo,
lembrando do passado e apostando no futuro...

Sinto saudade do futuro, que se idealizado, provavelmente não será do jeito
que eu penso que vai ser...

Sinto saudade de quem me deixou e de quem eu deixei,
de quem disse que viria e nem apareceu; de quem apareceu correndo, sem me conhecer direito,
de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.

Sinto saudade dos que se foram e de quem não me despedi direito;
daqueles que não tiveram como me dizer adeus;de gente que passou na calçada contrária da minha vida
e que só enxerguei de vislumbre;

Sinto saudade do cachorrinho que eu tive um dia
e que me amava totalmente, como só os cães são capazes de fazer,
dos livros que li e que me fizeram viajar,
dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,
das coisas que vivi e das que deixei passar sem curtir na totalidade;
Quantas vezes tenho vontade de encontrar
não sei o que,
não sei aonde,
para resgatar alguma coisa
que nem sei o que é e nem onde perdi...

Saudade é a prova inequívoca de que somos sensíveis,
de que amamos muito o que tivemos e lamentamos as coisas boas
que perdemos ao longo da nossa existência..."

Existência essa que não volta, que não dá uma segunda chance e que se não for bem vivida só vai deixar na lambrança uma sensação de vazio, como se fosse um pedaço quebrado dentro da gente.

POSTED BY LILI [12:42 AM]

Deixe seu comentário:

[ Quarta-feira, Junho 29, 2005 ]

 
Para sempre



Quando eu tinha 25 anos eu me casei e achei que seria para sempre...Mas o para sempre nem sempre dura tanto assim, até porque existem aquelas pessoas que não acreditam na palavra. Eu acredito sim que exista um para sempre, mesmo que este nao tenha funcionado para mim. Quando me separei namorei por 5 anos e novamente os sonhos vieram e foram embora, como deveria ser...Depois disso, algumas paixões me atropelaram, essa rápidas e arrasadoras, que te deixam com uma interrogação na cabeça, mal resolvidas, sem sentido, e com um gostinho de "para sempre" escondido em algum lugar que você nem sabe aonde.

Quando se chega aos trinta e poucos anos de idade e você se recuperou de todas os tombos que levou , a vida toma um sentido diferente. Aprendemos que é necessário ser um pouco egoísta, e que o egoísmo, embora seja uma palvra feia, pode ter um valor positivo, desde que não atropele as pessoas ao seu lado. Gostamos do nosso mundo como ele é. As coisas no lugar aonde deixamos e principalmente, sentir que estamos no controle de todas as situações. Somos um corpo só e é leve poder ir e vir aonde queremos...Não ofendemos nem machucamos ninguém se decidirmos ir morar em Aracajú ou no Alabama ( plagiando Zeca Baleiro ). Valorizamos mais nossas amizades...Elas tem um amor quase incondicional. Não nos julgam, estão sempre lá e compartilham das nossas vidas de maneira comedida e intensa.

Hoje tenho um pouco de medo de perder essa minha "liberdade". Não é uma liberdade imatura, do tipo disponível, mas uma liberdade de poder escolher o que é melhor para mim, de mergulhar no trabalho estando 100% comprometida com ele, cuidar da casa quando eu quero...E juntar as roupas se assim for melhor. Essa liberdade de estar de olhos abertos para as oportunidades, de poder compartilhar mais tempo com a família, com meu sobrinho, minha prima. Poder falar dos relacionamentos de uma maneira imparcial e clara, porque quando se está no meio dele, não se enxerga nada. É bom sofrer com a dor dos outros, curtir o frio na barriga da amiga, mas principalmente chegar em casa e estar 100% ali.

Existe sim muita coisa adormecida dentro de mim,e pior, sinto que existe uma barreira invisível me afastando de qualquer ser que ameace meu oásis. Sim...Oásis é aquela coisa imaginária que a gente sente que a qualquer hora pode desaparecer. Só me preocupa um pouco o tamanho da barreira, espero que não seja tão alta assim...Estou errada em querer estar só?

Meus trinta anos também me ensinaram que essa calmaria não dura para sempre..Paixão quando chega, entra quietinha, no lugar que menos se espera e acaba com qualquer liberdade, egoísmo, controle e todas essas palavras e teorias bonitas que se lê nas revistas...Está mais que provado: Quando a paixão vem pra valer, nao tem para sempre que resista!


POSTED BY LILI [10:08 PM]

Deixe seu comentário:

[ Quarta-feira, Junho 22, 2005 ]

 
Homens...



Um homem é um fator importante na vida de nós mulheres...Nada se compara a forma com que nos olham.

Aquele olhar que perfura nossa retina e vai direto ao infinito. Aquela maneira gostosa de chegar com um sorrisinho faceiro, desconcertante e com uma pontinha de malícia. Aquele jeito forte de pegar nosso braço, nos apertar a cintura e tirar fantasias da nossa cabeça no meio da multidão. Aqueles presentinhos inesperados, coisas que os homens compram e que nunca precisamos., isso sim é engraçado, porque apesar de não combinar em nada com o nosso gosto, dá uma sensação gostosa de carinho...Ah carinho, Isso eles fazem muito bem. Mexem no nosso cabelo, hora com força, hora com um jeitinho manhoso e sutil. Passeam as mãos de um jeito inexplicável pelo nosso corpo, arrepiando cada centímetro por onde passam. Aquelas palavras sussurradas no ouvido, com respeito, faltando com o respeito quando necessário, sem ferir nosso orgulho. Orgulho esse que elem brincam, porque acabamos sempre nos sucumbindo as vontades e as verdades inerentes ao seu sexo forte. Força essa que nos deixa fracas mas prontas a levantar armas para defender um país que julgamos possuir no seu corpo...Seu corpo sem dono, homens sempre tão selvagens... Mas é mesmo isso...Essa selvageria que nos inebria e nos deixam cegas...

Eles sabem sim como nos derrubar sem nos derrotar...Eles sabem como nos agradar e nos conquistar, mas jamais um homem saberá o que se passa dentro do coração de uma mulher. Essa parte do corpo eles não tem domínio e sequer imaginam a imensidão que se esconde dentro dele. Não...Eles tomam todas as outras partes, nos levam os olhos, as mãos, as pernas e talvez parte da alma, mas nosso coração, sinto muito, homens não tem sabedoria o suficiente para interpretar. É muito sentimento...E ferir um órgão tão complexo é tarefa fácil quando não se sabe aonde pisar. É como um campo minado num paraíso de belezas infinitas.

Já dizia Victor Hugo: "O homem está colocado aonde termina a terra, a mulher aonde começa o céu"

É...homens são seres fantásticos e indispensáveis, mas como sabem machucar...Não poderia ser diferente, pois embora pareça, nada nessa terra é perfeito, nem mesmo eles.

POSTED BY LILI [2:26 AM]

Deixe seu comentário:

[ Sábado, Junho 11, 2005 ]

 
E o grande dia chegou!!!



Esse vai ser o primeiro dia dos namorados que vou passar sozinha em muitos anos. Por um lado eu acho ruim não ter ninguém para preparar surpresas. Eu adoro enfeitar a casa toda de corações vermelhos, comprar aquele presentinho escolhido a dedo, escrever coisas que a gente não consegue expressar em palavras...Mas por outro lado estou tão feliz! Essa felicidade sem sentido tomou conta de mim já faz algum tempo e eu estou achando o máximo. É como se tudo que eu precisasse estivesse aqui dentro de mim.

Meus amigos sempre tão carinhosos não me deixam faltar nada...nada...muito carinho, respeito, longas gargalhadas, conversas sem fim. Ah! Como eu adoro meus amigos...Todos...Vocês não tem noção do tamanho desse sentimento.

Tenho também minha família, que cuida de mim com muito amor e compreensão...Eu simplesmente amo a companhia deles...Conversas sempre tão esclarecedoras.

Meu cãozinho Billy é um amor. Está sempre aqui...Uma lealdade invejável e completamente despida de orgulho.

Meu trabalho é o que sustenta minha adrenalina. Eu adoro o que eu faço e trabalhar muito tem sido um presente na minha vida. Todos os dias quando acordo agradeço a Deus pelo meu dia.

É...existe sim um espaçozinho na vida de todo mundo reservada para a paixão. O meu está aqui guardado, descansando um pouquinho depois de tanta luta. Tenho certeza que não faltará oportunidade para que eu possa comemorar muitas vezes essa data tão linda com alguém muito especial do meu lado, até lá vou saber viver bem , afinal sempre dizem : "Não corra atrás das borboletas; cuide do seu jardim e elas virão até você."

Estou cultivando o meu jardim, e nos fim percebo que estou tão rodeada de amor e de beleza que no dia em que as borboletas chegarem vão se perguntar porque demoraram tanto assim pra chegar até aqui.

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!!!

POSTED BY LILI [1:40 PM]

Deixe seu comentário:

[ Quarta-feira, Junho 08, 2005 ]

 
Sem TV também...




Quando vou passar os feriados no hotel sempre fico longe dessa tecnologia tão viciante que nos rodeia...Quando vou pra lá fico sem:

Televisão: Isso mesmo...sem TV. Não que eu seja viciada em televisão, mas eu confesso que adoro chegar a noite em casa e dormir com o barulhinho da TV ligada. Já é um ritual: Eu dou uma olhada rápida no que está passando ( como se fosse mudar...é sempre a mesma coisa ), então coloco no volume "18" ( tem que ser nesse ), coloco o Timer pra 30 minutos e viro para o lado oposto. Fica aquela voz no fundo com aquela cor azulada no quarto. Muito bom! Quase nunca consigo ver a TV desligar. Novelas eu nem sei os nomes. Quando era pequena meu pai não deixava eu e minha irmã assistirmos novelas. Dizia ele que dava mal exemplo. Bom...cresci sem isso. Para falar a verdade, as únicas duas novelas que eu assisti foram aquelas da Odete Roittman e da Heleninha ( a cachaceira ) e Betty a feia. Betty a feia era legal , mas no último mês a Rede TV saiu do ar em Brasilia, então eu só conseguia assistir no hotel, que pega a programação de Goiás. Sendo assim, perdi o casamento da Betty com o Dr. Armando e isso me fez desistir definitivamente de acompanhar qualquer novela.

Celular: Noooossaaa...Não sei como consigo. Quando esqueço meu celular em casa, me sinto sem braço. Mas confesso que no hotel eu prefiro deixar o braço no quarto. Quando chega a noite, eu vou dar uma olhada nas ligações e retorno as mais urgentes...É uma sensação engraçada, mas é legal. É como encontrar um braço novo a cada instante...

Internet:Meu Deus!!! Como eu consigo! Sou viciada em tudo que vem da internet. Msn, Orkut, ICQ ,E-mails e esse Blog que vos fala. Meu trabalho é o dia inteiro na frente do computador e quase sempre tenho dores nas costas horríveis provenientes das horas excessivas que passo aqui...Quando vou para o hotel eu fico meio perdida, e de vez enquando tento desesperadamente alcançar qualquer coisa do gênero, mas enquanto não instalam a rede por lá, vou aproveitando as férias forçadas que me fazem muito bem. Quando volto e sento aqui me sinto deifitivamente em casa...Home sweet Home.

Maquiagem e salto Alto: Fala sério...se você não é mulher não vai entender o que eu quero dizer, mas se é, sabe bem a tortura que é passar pelo teste de qualidade todos os dias pela manhã. Passar corretivo, base, pó, blush, sombra, delineador, rimel, combinar a cor da sombra com a bijox e com a cor do sapato de salto não é pra qualquer ser mortal. Andar de salto então é uma beleza. Haja equilíbrio e ainda te cobram classe. Por isso que no hotel é tênis no pé e cara lavada. Sem negociação.

Ufa! Deve ser por isso que au adoro passar meus feriados no hotel...Apesar da saudade da vida tecnológica, esse reencontro é sempre muito bom.

Você deve estar se perguntando o que tem a foto acima com tudo isso que eu falei. Pois bem...É que eu ando feliz da vida, rindo a toa, sem motivo algum...E aproveitando o período de felicidade gratuita, resolvi deixar minhas amigas visitantes felizes também...

"O importante é o principal. O resto é secundário.Porque qualquer coisa é a mesma coisa, o que importa é o que interessa!"





POSTED BY LILI [5:09 PM]

Deixe seu comentário:

[ Quinta-feira, Maio 26, 2005 ]

 
When I was sixteen...It was a very good year.



Ontem o assunto da mesa foi paixão:

Quando tinha 16 anos conheci meu primeiro namorado. Era um rapaz rebelde,de mal com a vida. Esse tipo que toda adolescente se apaixona porque vai contra tudo que a vida impõe. É engraçado lembrar das rebeldias da adolescência. Não fazem sentido algum hoje em dia. Quando se é adolescente a vida tem que ser um drama, senão não tem graça. E para que o cenário seja perfeito, é importante namorar aquela pessoa que seus pais não querem que você namore. Assim, o amor se torna impossível, inatingível e promissor...Como um leito, feito de sonhos, aonde repousa seu coração jovem e amargurado.

Mas a gente cresce, e nos tornamos mais realistas. Nosso amor já não deve ser com alguém pessimista e rebelde, mas sim com alguém otimista, que viva a vida com sorrisos, farras, longos beijos. O que antes era um caminhão de sentimentos se torna material e comprometedor. Mas a vida é uma festa alegre e encantadora.

Mas quando a festa acaba, queremos alguém que nos prometa um futuro. Família, filhos, estabilidade, viagens a dois em lugares desconhecidos. O mundo fica pequeno com tantos sonhos, e tudo que se quer é compartilhar uma casa, seu espaço, sua vida.
Mas nem sempre dá certo...

E agora? O que mais pode se querer da vida? Agora que você já tem maturidade, casa, carro, emprego, amigos. Agora você acorda, o telefone toca, você trabalha, canta, escuta musica e é feliz...Mas falta "aquilo"...

Isso é paixão. Paixão é aquilo que falta na hora que você deita no travesseiro e vê que não existe nada para fazer seu coração disparar numa hora daquelas. É ela que libera aquela adrenalina no momento errado e faz a gente curtir uma musiquinha com uma dorzinha no coração. Bom demais...
É muito bom estar apaixonado. Talvez seja meu lado "artista" que me faça ver só beleza nesse sentimento que derruba a gente no meio de uma tarde chuvosa.

Toda idade tem a sua paixão. Cada qual com sua particularidade e beleza. Todas doem no mesmo lugar, do mesmo jeito, na mesma medida, não faz diferença se você tem 20, 30 ou 40 e é nessas horas que se percebe que não importa quantas rugas existam nos seus olhos, seu coração nunca envelhece.

POSTED BY LILI [10:11 AM]

Deixe seu comentário:

[ Domingo, Maio 15, 2005 ]

 
A nossa galeria



Minha mãe diz muitas coisas sábias para mim. Ela sempre tem uma história que me toca quando estamos juntas. Adoro conversar com ela, por horas e horas....Quando a gente está junto, nem sinto o tempo passar. Ela é daquelas pessoas incríveis que conseguem explicar de maneira clara todas as questões da vida. Mães são assim...um ser meio iluminado, uma mistura perfeita entre a inteligência e a sensibilidade. Sempre me dizem que pareço muito com ela, e isso é sempre um motivo de orgulho para mim. Mas eu prefiro acreditar que tenho muito dela dentro de mim.

Uma coisa linda que ela me falou e que percebi a riqueza de suas palavras foi sobre os bons momentos.

O que se leva da vida, são lembranças...as boas lembranças. Junte o máximo delas dentro de você. Se possível ilustrando com fotos, notas escritas, pedaçinhos de coisas por onde passar. Quando chegar lá no fim, tenha certeza de que é o que vai fazê-la sorrir.

Me lembrei do filme "Meet Joe Black" ou "Encontro Marcado" aonde Brad Pitt representa a morte. Em uma das cenas ele vai até o hospital e encontra uma senhora que está a beira da morte. Ela então diz que as coisas que vai levar dessa vida são as "pinturas". Ela diz que tem várias na memória, lindas gravuras pintadas pelas belas experiências , coloridas, de todas as boas lembranças por onde ela passou...Nada mais que isso.

Nem sempre é tão fácil transformar tudo em lindas gravuras. Sempre tem uma cor errada para atrapalhar a harmonia do quadro. Mas quando a coleção é grande, o que são dois ou três desenhos que podem ser rasgados e esquecidos no tempo...

A sabedoria consiste em acumular um grande número delas. Lá no fim do túnel, quando as cortinas começarem a fechar, serão todas transformadas em sorrisos que daremos lembrando de cada cena, dos amigos que levamos, dos amores esquecidos, das músicas que gostávamos de escutar, dos lugares mágicos que gostávamos de sentar...Dos sonhos enterrados e das esperanças que faziam nosso coração se encher de alegria...

Tudo que é bom dura tempo suficiente para ser inesquecível.



POSTED BY LILI [9:39 PM]

Deixe seu comentário:

[ Quarta-feira, Maio 11, 2005 ]

 
Telefone!



Ontem precisei resolver um problema relacionado ao telefone do hotel aonde eu trabalho. Era simples...mudança de endereço da linha. Se isso tivesse me acontecido há muito tempo atrás seria fácil: Bastava ligar, falar com a telefonista, pagar um preço alto e resolver o problema. Mas hoje, qualquer serviço que você queira fazer em relação a telefonia, seja ela fixa ou móvel, é uma aventura.

Liguei no tal número da BrasilTelecom ( que saudade da Telebrasília . Nessa época você não precisava dizer que estava ligando de Brasília ). A primeira gravação que se escuta é a de que o número mudou, se quiser BrasilTelecom GSM disque 105, se quiser Brasil Telecom fixo disque 103 ( É...eu decorei ). Quando se disca o "número 1" já vai pra outra central de atendimento. Então porque a palhaçada de ficar te segurando uns 30 segundo para dar as duas opções????

Mas tudo bem...Hoje em dia a gente já liga esperando por isso. Aí sim...começa a ladainha: Se quiser comprar um jegue, ligue nº 1...Se quiser receber em casa um elefante por semana, disque nº2...Se quiser planejar o assassinato da empregada, disque nº3...e assim por diante. Nenhuma das opções faz sentido pra você e PIOR: Não existe a opção: " Fale com alguém DECENTE que te entenda".

Eu acabo apertando a opção de "adquirir nova linha da Brasil Telecom"...Assim quem sabe alguém me atende! Afinal de contas, eles querem novos assinantes! Mas não! Vieram as opções: Se você quer continuar esperando, disque nº1...Se você esqueceu porque ligou, disque nº2...Se você nem se lembra quem é você, disque nº3...Se você quer assassinar a telefonista, disque nº4.

Consegui ligar uma tal sequência de números que me levou a uma gravação me pedindo o número do telefone que eu precisava consultar! Legal...Já é alguma coisa mais pessoal: Disquei, como pedido, o número do DDD seguido do número do telefone. Gravação responde: Número inválido ...bip...bip..bip...bip...

NÂOOOOoooooooooooooooooooo............

Fala sério! Eu me senti naqueles filmes de ficção científica, ilhada no meio de uma tecnologia incompetente e sufocante.
Depois de várias tentativas, e muita pouca paciência, resolveram me atender ( pena que não anotei a sequência lógica ). Uma voz do outro lado que respondia as minhas perguntas! Aquilo foi maravilhoso. Fiquei até emocionada.

- Brasil Telecom, Marcia, Bom dia..
- Marcia ( me contive com o "graças a Deus" )...preciso fazer a alteração de endereço e blá...blá...blá...
- Sra...Aguarde um minuto que vou transferir sua ligação!
- Brasil Telecom, Antonio, Bom dia...
- Antonio, preciso alterar o endereço da linha...blá...blá...blá
- Sra...terei que transferir sua ligação...

Ninguém merece...Só posso concluir dizendo que não consegui resolver o problema. Mas hoje tem o segundo Round!
Haja Paciência!
Que saudade que eu tenho do meu tempo de criança.


POSTED BY LILI [10:18 AM]

Deixe seu comentário:

[ Segunda-feira, Maio 02, 2005 ]

 
O lugar Perfeito



Existem coisas na vida que não tem preço ( plagiando um pouquinho os gênios da publicidade ). Lá na fazenda ( que para mim vai sem sempre "a minha fazenda" ) existem três lugares mágicos. Lugares mágicos são aqueles lugares aonde você se sente em outro planeta. Um deles, e o meu preferido, é em cima de um morro, perto da capela, as 17:30. Tem que ser nesse horário em dia de sol.
É indescritível.
O sol bate no capim, que balança com o vento. O balanço é lindo e sincronizado. O capim fica dourado pelo reflexo do sol e este se mistura com o horizonte verde e sem fim. Aquilo é reconfortante e milagroso. Fui lá muitas vezes, muitas mesmo. É meu lugar secreto, na minha hora secreta aonde eu atingo um estado mais que secreto. Quando vou lá, levo sempre minha música preferida: Concerto nº2 de Rachmaninoff.
Fico sempre uns 30 minutos sentada no chão...Hora fecho os olhos pra sentir o barulho e a sensação do vento batendo no meu rosto, os passarinhos, os sons da mata, o som do nada...Hora abro os olhos e posso ver como o mundo é maravilhoso. Como tudo é lindo e perfeito e que eu sou muito feliz por poder estar ali. Sinto sempre uma vontade de compartilhar aquilo com as pessoas que eu gosto, como se eu pudesse levar nas mãos um pouco daquele sentimento grandioso e único.
Quando não posso estar lá, eu consigo fechar os olhos e enxergar o paraíso. Essa complexidade da natureza é sensacional. São tantos detalhes numa harmonia poderosa e frágil. O conjunto é forte e feito de pequenas coisas...como cada folha do capim, cada raio de sol, cada ramo que se balança aos poucos com cada sopro do vento.

Isso me lembra um texto sobre o rio que diz assim:

"Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo
caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua
frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer
para sempre.
Mas não há outra maneira.
O rio não pode voltar.
Ninguem pode voltar.
Voltar é impossível na existência.
Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no
oceano,
Mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é renascimento.
Assim somo nós, voltar é impossível na existência.
Você pode ir em frente e se arriscar .
Coragem, torne-se oceano."

Essa vida é realmente muito linda. : )



POSTED BY LILI [1:41 AM]

Deixe seu comentário: